Sábado, 02 de Julho de 2022
27°

Nuvens esparsas

Vitória - ES

Anúncio
Saúde Vida Feliz

Deixa isso pra lá...

Mais do que nunca precisamos praticar a filosofia do deixa isso pra lá. As pessoas estão mais ansiosas demais e, por conta disso, mais agressivas também. Todo cuidado é pouco na hora de se dirigir a alguém

31/05/2022 às 10h41
Por: Agora ES
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Jane Mary

Mais do que nunca precisamos praticar a filosofia do deixa isso pra lá. As pessoas estão mais ansiosas demais e, por conta disso, mais agressivas também. Todo cuidado é pouco na hora de se dirigir a alguém. 

Quem está gerando tudo isso é o medo... medo do amanhã, medo do desconhecido, medo do coronavírus, medo do que ainda está para acontecer e, principalmente, medo da morte. 

O coronavírus nos força a pensar na morte, um assunto que na nossa cultura é evitado desde que nascemos. A raiz da questão é justamente esta... nós não aprendemos a lidar com o natural, conhecemos muito pouco sobre a imortalidade da alma, investimos demais no material, no palpável, em tecnologia e nada na Espiritualidade e no invisível.

Nosso ensino só contempla o conhecimento científico, o racional, nenhuma importância é dada ao mundo das emoções, ao invisível. A intuição é totalmente ignorada. Celebramos demais o nascimento e ignoramos a morte, a coisa mais previsível que existe neste planeta.

A morte é apenas um insignificante intervalo entre duas vidas, seria mais conveniente chamá-la de recomeço, traduziria melhor o seu real significado e despertaria menos assombros. Tudo que nasce, floresce e morre – a gente sabe disso desde que nasce.

Sendo assim, não pense mais nela, deixa isso pra lá... Deus está no comando da nossa embarcação e tudo que nos acontece é para o nosso bem maior, não há motivo para nenhum assombro ou estresse. O que está previsto para acontecer, vai acontecer, independente da nossa preocupação.

Se as coisas não saíram do jeito que você programou, esfria a cabeça, deixa pra lá... não esquenta cabeça com isso não, não vá entulhar a sua mente com bobagens. No momento seguinte, aquilo que parecia ser o fim do mundo, o maior dos insultos, perde totalmente a sua importância. Nada que é visto a partir de uma determinada distância persiste por muito tempo.

Parece uma atitude preguiçosa essa história do deixa isso pra lá, mas não é, isso é sabedoria! Nós não temos nenhum controle sobre a vida, e ego é que vive a ilusão de que pode dominar a existência. Não pode! O fluxo da vida é indomável. É como uma torrente de água que se espalha por toda parte, ela não precisa do consentimento humano para jorrar.

A vida é uma velha sala de aula. Aqui é permitido errar enquanto se aprende, podemos até tirar nota baixa, repetir de ano, mas sair da escola só quando o professor Deus determinar. E a gente só tem permissão para sair quando o aprendizado termina, nem antes e nem depois. Nosso retorno ao plano espiritual tem dia e hora marcados.

Quando isso vai acontecer ninguém sabe. Então, se a gente não sabe quando vai deixar este mundo - o que pode muito bem acontecer daqui a um minuto - por que se estressar com pouca coisa? Alguém te ofendeu? Você se sentiu humilhado em alguma situação? Está pensando em se vingar? Não faça isso, deixa isso pra lá... Você atraiu essa experiência porque precisa dela para evoluir. 

A vingança é a coisa mais estúpida que existe, é como preparar um veneno para você mesmo tomar. O ofendido é você, a outra pessoa vai sair daquela experiência sem o peso que o ódio produzirá apenas em você. Daqui a pouco ela nem se lembrará mais do episódio que, a partir do ressentimento, vai se eternizar dentro de você. E para quê isso? A nossa passagem pela Terra é tão curta... 

Pra quê olhar para trás, se a vida caminha é para frente? O que passou, passou, não tem mais 

nenhuma importância. Foi necessário naquele momento para um determinado aprendizado, mas jamais vai se repetir igual. O Universo gravita na originalidade, ele jamais se repete, tudo tem o frescor do novo, do inusitado. Tudo vai se transformando e sempre para melhor.

Respire... Respire muito toda vez que se sentir ofendido, aborrecido com determinada pessoa ou situação. A respiração está diretamente ligada aos pensamentos. Quanto mais você respira, mais os pensamentos vão se enfraquecendo. Na medida em que eles se enfraquecem, a raiva se dissipa e a paz se restabelece.

Coloque na sua cabeça uma coisa: você nasceu para grandes alturas! Se ficar fincado no chão, cultivando mágoas e ressentimentos, ficará pesado, não conseguirá levantar voo, não deixará a vida fluir em você, terá o mesmo destino da água estagnada... apodrecerá! Terá passado pela vida inutilmente, se contentando com os prazeres fugazes do ego, sem desfrutar da felicidade plena prometida pela Divindade que habita o seu Ser mais profundo.

O deixa isso pra lá é a senha para se alcançar a felicidade plena. Dentro de você existe um território sagrado, pronto para ser explorado e te transformar na pessoa mais feliz do mundo. 

Jane Mary é jornalista, consultora de marketing, autora de oito livros de autoconhecimento. (site: janemary.com.br)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários