Terça, 07 de Dezembro de 2021
21°

Nuvens esparsas

Vitória - ES

Política Pesquisa

80% dos capixabas aprovam a gestão Casagrande

Além da avaliação da gestão, a pesquisa perguntou ao eleitor sobre sua intenção de votos para governador. Renato Casagrande lidera o processo com 31,11% das intenções de votos na estimulada

16/10/2021 às 09h23 Atualizada em 16/10/2021 às 20h50
Por: Agora ES
Compartilhe:
Foto: Governo do ES
Foto: Governo do ES

Por Daniele Bolonha

Uma pesquisa realizada pelo Instituto MPE Consultoria, a pedido do Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado do Espirito Santo (OCB/ES), trouxe um panorama da avaliação dos capixabas quanto à gestão do governador Renato Casagrande e do presidente Jair Bolsonaro, além das intensões de votos nas eleições de 2022 para governador, presidente e senador. De acordo com a pesquisa, 80% dos capixabas aprovam a gestão de Casagrande, classificando-o entre ótimo, bom e regular (veja gráfico). Já a gestão do presidente da República Jair Bolsonaro é reprovada pela maioria dos capixabas, ficando com 50,74% entre ruim e péssimo (veja gráfico).

Imagem: Reprodução

De acordo com o instituto, a pesquisa foi realizada entre os dias 06 e 08 de outubro em 17 cidades do Estado, com a aplicação de 1.350 questionários, um representativo de 0,05% do total de 2.754.728 de eleitores do Estado. O nível de confiança de 95% e a margem de erro é de 4,9%.

Além da avaliação da gestão, o instituto também perguntou aos entrevistados sobre sua intenção de votos para governador do Estado. O governador Renato Casagrande lidera o processo, com 31,11% das intenções de votos na estimulada. Ele é seguido pelo senador Fabiano Contarato, com 6,96%. Em terceiro está o ex-prefeito de Colatina, Sergio Meneguelli, com 5,41% das intenções (veja gráfico).

Imagem: Reprodução

Para o cientista político César Albenes, a pesquisa retrata a consolidação das ações realizadas em diversas áreas pelo governo do Estado. “Nas áreas da saúde e da educação, o governo de Renato fez grandes investimentos, além de ter lançado o Plano de Investimentos Públicos (PIP), que representa um grande volume de investimentos para os próximos anos, com valor total de R$ 9 bilhões”, relembrou o cientista político.

Imagem: Reprodução

“O PIP contempla um amplo inventário de investimentos, em todas as áreas do governo, envolvendo obras, equipamentos, tecnologia, entre outros, e que sob gerenciamento intensivo, serão realizados no Espírito Santo até dezembro do próximo ano. Esses investimentos serão fundamentais para a retomada do crescimento econômico do Espírito Santo na pós-pandemia. Vejo que esses fatos colocam o atual governador na liderança pela disputa do Palácio Anchieta em 2022.”

Já sobre a intenção de votos para presidente da República, a pesquisa mostra que o capixaba está indeciso, tendo Lula 32,30% das intenções, seguido pelo atual presidente, que marca 28,30%: trata-se de empate técnico, dentro da margem de erro da pesquisa. Os outros possíveis candidatos não tiveram boa performance, com Ciro Gomes, atingindo 3,85% das intenções de votos, e Marina Silva 1,85% das intenções (veja gráfico).

Imagem: Reprodução

“Em relação ao governo Bolsonaro, a pesquisa captou o processo de desidratação do presidente, que não apresenta qualquer proposta de tirar o Brasil da atual crise econômica, além de criar problemas políticos com o judiciário, sem necessidade. Essa tendência de queda no apoio ao presidente Bolsonaro é um movimento nacional, que também se expressa no ES. Quanto ao apoio a Lula e Bolsonaro, esse apoio aparece num empate técnico, o que mostra a necessidade de uma terceira via, que ainda não se viabilizou”, avalia César.

A pesquisa também questionou as intenções de votos do capixaba para senador. O atual deputado federal Amaro Neto lidera as intenções, com 18,77%, seguido de perto pelo ex-governador Paulo Hartung, com 15,95% das intenções. Magno Malta aparece com 11,42%, seguido de Sergio Meneguelli, com 6,68% (veja gráfico). De acordo com o relatório da pesquisa, o aparecimento do deputado Amaro Neto em primeiro colocado, à frente do ex-governador Paulo Hartung, é uma grande surpresa, visto o capital político do ex-governador.

Imagem: Reprodução

“Em relação à disputa ao Senado, o ex-governador Paulo Hartung ainda não colocou seu nome na disputa. A briga para a única vaga ao senado nas eleições de 2022 parece que vai ser emocionante”, finaliza o cientista político.

CONFIRA A EDIÇÃO 47 DO AGORA ES

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários