Domingo, 24 de Outubro de 2021
22°

Alguma nebulosidade

Vitória - ES

Cidades Obras pelo ES

Hospital Geral de Cariacica terá mais de 400 leitos

Com previsão para inaugurar no segundo semestre de 2024, o hospital terá capacidade para realizar mais de oito mil atendimentos por mês

25/09/2021 às 09h37 Atualizada em 25/09/2021 às 17h51
Por: Agora ES
Compartilhe:
Foto: Fabrício Bolonha
Foto: Fabrício Bolonha

Por Andressa Rocon

Uma das obras mais aguardadas pela população capixaba: o Hospital Geral de Cariacica, que está sendo construído pelo governo do Estado, segue com as obras aceleradas. De acordo com o Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), neste mês de setembro, foi iniciada a instalação de pilares e vigas de sustentação dos blocos. A previsão de inauguração é para o segundo semestre de 2024.

O hospital está sendo construído no bairro Campo Belo, às margens da Rodovia Leste-Oeste, que liga a BR-262, em Cariacica, à Rodovia Darly Santos, em Vila Velha. Ele contará com 408 leitos e a previsão é de que sejam realizados mais de oito mil atendimentos por mês no Pronto-Socorro e cerca de 120 mil atendimentos na UTI, UTI Neonatal (UTIN), maternidade e clínicas médicas e cirúrgicas.

O governador Renato Casagrande destacou, durante o evento de ordem de serviço da segunda fase das obras, que o hospital é um sonho dos cariaciquenses e que vai atender pacientes não apenas do município, mas de todo o Espírito Santo. A primeira fase foi a construção da fundação.

“Sabemos que Cariacica sonhava com esse hospital. Mais à frente serão adquiridos os equipamentos e a previsão é de que o hospital esteja pronto em 2024”, afirmou.

O diretor-presidente do Departamento de Edificações e de Rodovias (DER-ES), Luiz Cesar Maretto Coura, destaca que a construção do Hospital Geral é um avanço para o Estado. “A segunda fase das obras desse hospital é um de nossos objetivos primordiais nesta gestão. É uma obra que trará estrutura na área da Saúde para a população de Cariacica e de várias cidades sem estrutura hospitalar. Estamos felizes com mais essa conquista”, afirmou.

O hospital vai contar com um Pronto-Socorro clínico e cirúrgico, Unidade de Terapia Intensiva, maternidade de alto risco e cuidados intensivos neonatais. Também serão atendidas especialidades, como clínica médica, neurologia, nefrologia, cardiologia, cirurgia geral, maternidade e cirurgia de cabeça e pescoço.

Na primeira fase, o governo do Estado investiu R$ 25,4 milhões no processo de terraplanagem e fundação, cujos trabalhos duraram quase dois anos. Nessa nova fase, o terreno contará com uma área total construída de 37.976,67 m2, distribuída em seis blocos. O investimento é de R$ 146 milhões.

A edificação está dividida em seis blocos, sendo o bloco B o mais alto deles, com oito pavimentos, que vão abrigar o Pronto-Socorro, farmácia, ambulatórios, centro de diagnósticos, centros cirúrgicos, internação, laboratórios, necrotério, setores administrativos, de limpeza e zeladoria, cozinha, lactário, manutenção, além de contar com 550 vagas de estacionamento e um heliponto. Após a conclusão das obras, o hospital ainda contará com um investimento em equipamentos hospitalares, estimado em R$ 35 milhões.

Para esta nova etapa, a unidade passará a englobar também em sua obra o conceito de sustentabilidade, com a construção de uma estação de tratamento de esgoto e reuso de água; captação da água de chuva para irrigação dos jardins; uso de energia solar no sistema grid-tie, que é quando a energia solar é transformada em energia elétrica e volta para a rede da concessionária (EDP), proporcionando maior economia na conta de energia elétrica.

CONFIRA A EDIÇÃO 44 DO AGORA ES

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários