Sexta, 17 de Setembro de 2021
22°

Muitas nuvens

Vitória - ES

Política COLUNA JK

As lágrimas de Ferração comovem

O deputado Theodorico Ferraço (DEM) comoveu os colegas ao relatar, em meio às lágrimas, que estava “sem chão” ao perder o melhor amigo para a Covid-19

27/03/2021 às 14h06
Por: Redação Agora ES Fonte: Gleberson Nascimento
Compartilhe:
Foto: Ales
Foto: Ales

Por Gleberson Nascimento

O deputado estadual Theodorico Ferraço (DEM), no alto dos seus 83 anos de idade, comoveu os colegas na última terça-feira (23), na Assembleia Legislativa, ao relatar, em meio às lágrimas, que estava “sem chão” ao perder o melhor amigo, o empresário de rochas ornamentais Valter Sechim, 64, mais uma das centenas de vítimas da Covid-19 em Cachoeiro de Itapemirim. 

Num discurso emocionado, o “homem que um dia fez chover em Cachoeiro”, ao construir em 1992, na segunda das suas quatro passagens à frente da prefeitura, uma torre metálica que criava uma “chuva artificial” para reduzir a temperatura no centro da cidade, apareceu impotente e desolado. 

Impactado com o recorde de 72 mortes por Covid num só dia no Estado, o católico Theodorico lembrou que a Maçonaria de Cachoeiro estava de luto pela morte do amigo, um homem que ajudou milhares de pessoas, grande parte delas no anonimato.

“A vacina é a única salvação. Mas vamos ter fé em Deus e tomar as medidas necessárias. Já perdemos 33 médicos, mais de 200 profissionais da Saúde. Vamos fazer mais esse sacrifício”, suplicou Theodorico, um guerreiro cansado e desamparado em meio a tanta dor.

Canal Covid 

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, abriu um novo canal de comunicação com a população pela ferramenta Telegram (https://t.me/drnesio). “Será um espaço para comunicação direta sobre saúde pública, pandemia, gestão da saúde, conjuntura nacional e internacional. Um pouco de poesia e expressão de fé e solidariedade farão parte do enredo deste canal também.”

Judas Iscariotes 

O vice-prefeito Thiago Carreiro foi comparado, por um grupo de comerciantes que fez muito barulho em frente à Prefeitura da Serra, ao discípulo que traiu Jesus Cristo com um beijo. Alegam que, quando candidato, ele defendeu que não haveria fechamento do comércio. Thiago, por sua vez, reforça a falta de leitos nos hospitais e diz que a meta não é multar, mas conscientizar as pessoas.

Fiel escudeira 

A deputada estadual Janete de Sá (PMN) surpreendeu ao abrir seu discurso esta semana, na Assembleia Legislativa, com a frase de um pensador popular: “A inveja é uma merda!”, em apoio às declarações do presidente da Casa, Erick Musso (Republicanos), que decidiu cumprir o acordo e devolver “os poderes” ao primeiro e segundo-secretários da Mesa Diretora.

De volta 

O ex-deputado estadual Roberto Carlos, que tem assessorado o senador Fabiano Contarato (Rede), está de volta ao PT, após passagem pela Rede do ex-prefeito Audifax Barcelos. Quer reorganizar o PT da Serra, disputar uma vaga na Assembleia Legislativa e apoiar a candidatura de Lula à Presidência da República. A Rede, de Marina Silva, não deve fechar com o ex-presidente.

Rapidinhas 

Saudades? - Pessoas próximas ao presidente do Republicanos no Estado, Roberto Carneiro, que já foi secretário de Estado dos Esportes e subsecretário da Casa Civil, alegam que ele tem saudades do seu tempo de diretor-geral da Assembleia Legislativa. Carneiro atua hoje no comando da Secretaria de Governo da Prefeitura de Vitória. 

Novo voo? - O paraibano Denninho Silva, vereador recordista em Vitória, que obteve 7.213 votos na última eleição, deve concorrer a uma vaga de deputado estadual em 2022. Só não se sabe se pelo atual partido, o Cidadania, ou se buscará abrigo em outra legenda partidária.

Conserto no estaleiro - O deputado federal Helder Salomão (PT) contesta o fato de que perdeu o comando da Comissão de Direitos e Humanos e Minorias, assim como o senador Fabiano Contarato (Rede) a Comissão de Meio Ambiente. Reforça que os regimentos da Câmara Federal e do Senado não permitem reeleição em nenhuma comissão permanente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários